Pages

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Dom Bosco e o segredo do Centro UNISAL

O que é que há, o que é que faz o ambiente UNISAL tão especial? Os alunos dizem que é um ambiente jovem, agradável, alegre, musical, limpo, familiar, com jardins, flores, parques, cheio de afeto, com os professores e diretores no meio dos alunos. Comparando este ambiente com o da universidade de onde viera transferido, um aluno do curso de Administração disse que aqui havia uma alma; lá onde ele estudava antes faltava o “recheio do bolo”. É este “recheio” que se chama sistema salesiano, a filosofia de uma instituição, um segredo que os colégios, escolas, universidades, oratórios e centros sociais salesianos herdaram de Dom Bosco, o fundador do sistema novo de educar. Ele dizia que a educação é obra do coração. Para ele, sem religião e sem afeto, não se educa ninguém. Dom Bosco queria que seus colégios se chamassem “casas” de educação, não colégios. O sistema educacional preventivo de Dom Bosco tem dado certo há 156 anos, quando foi usado pela primeira vez; é sucesso no mundo inteiro e em todas as fases da educação, desde a educação infantil até na pós-graduação. Todos querem sentem-se valorizados e amados,amigos. Dezessete mil salesianos, padres e irmãos, e dezesseis mil irmãs salesianas com centenas de milhares de professores, mantêm viva e fazem acontecer esta proposta educacional com mais de um milhão de jovens no mundo inteiro, mesmo em ambientes que não são cristãos como no Egito, na Índia, na China, no Japão. Dom Bosco era um menino pobre, órfão de pai, que foi ajudado no estudo e conseguiu ordenar-se sacerdote. Havia jurado a Deus que toda a sua vida seria empenhada na educação dos jovens, sobretudo dos mais pobres. Ainda hoje os jovens querem bem a este homem que gostava tanto deles. No mês de agosto, Dom Bosco é lembrado, sobretudo no hemisfério sul. E que ele nasceu no dia 16 de agosto de 1815, perto de Turim, no norte da Itália.

6 comentários:

  1. Essa alma faz uma diferença incrível, pois como aprendi nos tempos da faculdade, mais do que uma escola salesiana, trata-se de uma casa salasiana, que acolhe e que partilha de uma aprendizagem que rompe as barreiras da sala de aula. Como ex-aluno e como professor salesiano posso garantir que isso faz uma diferença extraordinária quando colocada verdadeiramente em prática! Parabéns pelo blog!

    = ]

    ResponderExcluir
  2. Bom dia padre Mario, li o artigo de hoje e gostei. Continue. sua prima irmã Azul
    Donzila

    ResponderExcluir
  3. Boa Noite Padre mario!!!
    Admiro a sua pessoa e sempre levo de exemplo para minha vida tudo que seu sobre o senhor, desda cultura que tens, quanto o conhecimento amplo.
    Obrigado por existir em nossas vidas.
    abraço
    Tatiane Miyamura. Curso de Administração 2.B

    ResponderExcluir
  4. Eloisa de Moura Lopes27 de setembro de 2009 11:06

    Querido Pe. Mario.
    Tudo o que o Senhor diz e vive é realmente verdadeiro, mas eu como uma pessoa que passou cinco anos dentro do Unisal-Lorena, trabalhando ativamente e procurando viver a Filosofia Salesiana todos os dias com os meus alunos e colegas de trabalho, posso dizer com grande dor em meu coração que infelizmdente poucos vivem a Filosofia Salesiana como deveriam.
    Minha decepção foi grande quando eu levei pessoalmente problemas sérios que eu estava vivendo no curso onde trabalhava. O meu coordenador chegou a dizer mais de uma vez que a única coisa que os padres queriam era a mensalidade do aluno, e por isto eu deveria dar todas as minhas provas em forma de consulta para nenhum aluno ser reprovado e o aluno no futuro iria se virar e aprender em outro lugar.
    Eu não concordei com isto conversei com o Diretor e bem resumindo fui demitida em dezembro de 2008.
    Sempre tive vontade de ir falar com o Senhor, mas, estava tão magoada que nunca fui.
    Este espaço me animou por que eu sei o quanto o Senhor ama e vive a Filosofia Salesiana, e eu também pode acreditar gosto tanto que meu filho estuda no Colégio São Joaquim, mesmo tendo sido injustiçada eu não tirei meu filho dos Salesianos por que gosto muito da Filosofia Salesiana, e sei que apenas um coordenador não vai conseguir destruir uma obra tão maravilhosa e que eu respeito tanto.
    Gostaria de lhe dizer que eu não estou falando isto agora por que estou triste por ter sido demitida, triste eu estou sim é verdade. Mas, estou falando por que acho que o Unisal-Lorena não merece ter um Coordenador de curso que trabalha contra toda a Filosofia Salesiana, e se o Senhor não acredita na minha palavra, eu lhe digo o mesmo que disse para o Diretor Acadêmico faça uma pesquisa de clima organizacional com os alunos e professores do curso e assim poderá ter certeza do que eu estou falando.
    As pessoas estão lavando as mãos, pois ninguem quer perder o emprego como eu perdi.
    Eu tenho a minha conciência tranquila e rezo muito, Dom Bosco sabe o que eu estou falando, por que ele tudo vê.
    Eu durante o período que estive aí fiz um bom trabalho e tenho certeza que meus alunos gostam de mim. Pois, se não gostassem não me procuravam tanto para pedir conselhos e ajuda. Eu publiquei trabalhos científicos com eles, orientei vários planos de negócios que se transformaram em empresas de nossos alunos, e os TCC que eu orientava ficavam excelentes, eu fazia de tudo para não perder nenhum aluno, eu ajudava eles a estudarem e a aprenderem e os poucos que não acompanhavam no final me procuravam e me diziam que iriam se empenhar mais.
    Olha isto não é só um desabafo isto é um pedido de socorro não deixe que pessoas acabem com a Filosofia Salesiana.
    Espero que este depoimento ajude o Unisal-Lorena instituição que eu aprendi a amar continue vivendo sua Filosofia Salesiana com dignidade.
    Amém.
    Profa. Eloisa de Moura Lopes

    ResponderExcluir
  5. Profa. Eloisa,

    pelo jeito, ninguém quer falar sobre estes assuntos......

    ResponderExcluir
  6. Convido os seguidores do blog para discutir sobre o tema do link abaixo.

    http://br.noticias.yahoo.com/s/26032010/25/manchetes-cpi-da-pedofilia-analisar-caso.html

    ResponderExcluir